Rota iluminada pela Virgem Maria

Por em 12 agosto, 2017

Notre -Dame de la Salette – by Szaroblekitny

A Virgem Maria é uma luz que brilha de braços abertos e mãos radiantes. As pessoas que a viram foram só um instrumento usado por ela clamando pela paz.

A HISTÓRIA

De norte a sul, de leste a oeste, o território francês possui mais de uma centena de santuários que são objetos de devoção à Virgem Maria. Estes santuários podem ou não ter recebido a aparição da Virgem. São lugares sagrados, de prece e peregrinação que atraem fiéis do mundo inteiro, desejosos de render homenagens à Virgem Santa e pedir sua proteção. No século XVIII, muitos santuários marianos importantes foram abalados pelas contestações internas e agressões externas do movimento intelectual iluminista, lançado na Europa, cujo objetivo era sair do obscurantismo e promover o conhecimento. No século XIX, muitos desses santuários se reergueram depois das aparições da Virgem Maria.

O ROTEIRO

Capela da Medalha Milagrosa

PARIS Situada na île de France, a cidade recebeu a primeira visita da Virgem Maria em 1830 na Capela da Medalha Milagrosa Entre e entenda a mensagem que Deus nos enviou através da experiência privilegiada de Santa Catherine de Labouré. Foram três aparições: 18 de julho, 27 de novembro e 30 de dezembro. Numa delas, a Virgem entregou-lhe uma medalha e se fez ouvir: “Fazei cunhar uma medalha sob este modelo. As pessoas que a usarem com confiança receberão muitas Graças”. Bilhões de medalhas já foram cunhadas para os fiéis e curas se multiplicam. A Capela é hoje um lugar de peregrinação muito frequentado. Com mais 2 milhões de visitantes por ano, ela faz parte dos 10 lugares culturais mais visitados de Paris.

Fica na 140 rue du Bac. Metrô Sèvre- Babylone linhas 10 e 12, 7º arrondissement..

Notre-Dame de la Salette

GRENOBLE – Você tem um bom motivo para visitar Grenoble nos Alpes franceses, a Basílica de Notre-Dame de la Salette, inscrita como monumento histórico desde 1945 e segundo centro de peregrinação da França, só perdendo para Lourdes. O santuário foi erguido na vila de La Salette-Fallavaux, no mesmo local onde a virgem apareceu para 2 crianças, Melanie Calvat(15 anos) e Maximino Giraud(11 anos), em 19 de setembro de 1846, 16 anos depois da primeira aparição em Paris. Nessa época, o ateísmo estava se propagando, o mundo estava egoísta e as consequências poderiam ser desastrosas, principalmente, para as crianças. A Virgem chora e pede, com vigor e ternura na voz, para que os homens se voltem para Deus pela prece, pela eucaristia e pela tomada de um caminho sério e humano.

Grenoble fica a 483 km a suldeste de Paris, na região de Dauphiné. Partindo de PARIS GARE DE LYON, o TGV gasta 3:01h até a estação de Grenoble. Faça o passeio de um dia para La Salette que fica a 80km ao sul de Grenoble. O ônibus 4100, você pega na Gare Routière de Grenoble, ele o levará até a place Napoleon em Corps e depois ao santuário(julho/agosto). O ônibus faz 19 paradas em 2:04h. Em Corps o serviço de taxis garante sua chegada no Santuário durante todo o ano.

Notre -Dame de lourdes

LOURDES A cidade localizada nos Pirineus é o terceiro maior centro de peregrinação católica desde a aparição da Virgem Maria em 11 de fevereiro de 1858. São 6 milhões de peregrinos e curiosos ao ano. O milagre começou quando uma jovem de 14 anos, Bernadette Soubirous, andando ao longo do rio Gave de Pau, perto da Gruta de Massabielle, viu uma dama que ela descreveu como sendo linda, vestida de branco com uma faixa azul na cintura, usando uma coroa e com duas rosas vermelhas, cada uma entre os dedos de cada pé. A dama se identificou – “Eu sou a Imaculada Conceição.” Depois, pediu que Bernadette fosse à gruta durante 15 dias seguidos e prometeu – “Eu te prometo que serás muito feliz, não neste mundo, mas no outro”. Por fim, a virgem disse – “Venham beber a água da fonte e banhem-se nela.” e ali brotou uma fonte de água pura que nunca se esgotou. A primeira basílica de Lourdes foi construida em cima da Gruta de Massabielle. A maneira mais simples de ir a Lourdes partindo de Grenoble é voltando a Paris. Lourdes fica a 800 km a sudoeste de Paris, na região de Midi-Pyrénnées. Partindo de PARIS GARE DE MONTPARNASSE, o TGV gasta 6:08hs até a estação de Lourdes. Entretanto, minha sugestão é que dê uma parada no seu roteiro milagroso e visite a inesquecivel Carcassonne, uma cidade medieval com muralhas duplas na região de Longuedoc-Roussillon. Registre!!!

A viagem de Grenoble a Carcassonne dura 04:49h com 2 conexões, a primeira em Valence TGV e outra em Montpellier Saint Roch TER. Carcassonne fica a 261 Km de Lourdes e a viagem de trem dura 3:47h com uma conexão em Toulouse Matabiau.

Estátua de Notre-Dame de Pontmain, Na praça da Basílica.

RENNES A cidade fica na Bretanha e é considerada a melhor da França para se viver. Vale uma visita! Tire um dia para visitar Pontmain, uma aldeia perto de Rennes onde em 17 de janeiro de 1871, durante a guerra Franco-Prussiana, a Virgem Maria apareceu para Eugène et Joseph Barbedette, Françoise Richer e Jeanne-Marie Lebossé. Ela estende os braços como num gesto de acolhimento e sorri. Está vestida de azul semeado de estrelas douradas. A Virgem vai crescendo lentamente. As estrelas se multiplicam no seu vestido e em torno dela. Então ela diz: “Orai minhas crianças, Deus ouvirá vocês em breve”. A Basílica de Notre-Dame d’Espérance de Pontmain foi construída entre os séculos XIX e XX nas proximidades do local onde a Virgem apareceu.
A maneira mais fácil de ir a Rennes partindo de Lourdes é voltando a Paris. Rennes fica a 309 km a noroeste de Paris, na região da Bretanha. Partindo de PARIS GARE DE MONTPARNASSE, o TGV gasta 2:06h até a estação de Rennes.
Pontmain fica a 65km à nordeste de Rennes. O TER vai até Vitre e de Vitre é necessário pegar um taxi para Pontmain. O trajeto completo leva 01:15h.

Notre-Dame de Pellevoisin

PELLEVOISIN – É uma vila no centro da região do Val de Loire, que existe a dois milênios desde a antiguidade. Em 1875, uma jovem de 32 anos, Estelle Faguette, possuía uma doença incurável. Resolve escrever uma carta com toda sua fé e fervor à Virgem Maria, pedindo a ela que intercedesse junto ao seu filho pela sua cura, pois ela cuidava de seus pais idosos. A Virgem Maria responde à sua carta através de quinze aparições de fevereiro a dezembro de 1876. Durante este período ela cura Estelle e diz: ”Eu vim especialmente para a conversão dos pecadores”. E lhe dá uma grande missão. Confia a ela a difusão do escapulário do Sagrado Coração de Jesus. Em 19 de fevereiro de 1876, Estelle foi curada. Ela morreu em 1929 com 83 anos. Alguns anos mais tarde, o quarto de Estelle foi transformado em capela.

A visita a Pellevoisin pode ser um bate/volta. Partindo de Paris, GARE d’AUSTERLITZ em direção a Châteauroux e depois pegar um ônibus da rede de l’Aile Bleue, ou a partir daí pegar um táxi(60 – 70 euros). A quantidade de ônibus circulando é pequena. Confira os horários dos ônibus antes de ir. Registre!

QUANDO IR

O melhor período de visitação é entre março e outubro, período que corresponde à primavera, verão e início do outono. É quando o clima é mais agradável para realização de missas ao ar livre e peregrinação.
Veja mais sobre: Paris, Grenoble, Lourdes, Rennes e o Val de Loire.

Bon Voyage!!!


Você também precisa conhecer
Gostou? Compartilhe!

12 de agosto de 2017

12 de agosto de 2017

RELACIONADOS
Paris
11°
nuvens quebradas
Humidade: 93%
Vento: 2m/s N
Max. 23 • Min. 12
22°
Ter
23°
Qua
23°
Qui
Dados da OpenWeatherMap
Quem sou
Bird

Conheci a França através dos livros e descobri que este país é, por si só, um exemplar admirável. Desses que te hipnotizam da primeira página ao último ponto. Violento e delicado, por vezes há um toque de conto de fadas. Pura emoção.

A história francesa é o cenário principal da narrativa com suas coerências e paradoxos, glórias e fracassos. Registre!!! A leitura mágica me transportou para tempos remotos e contemporâneos.

Quero que a minha viagem seja nossa. Ela está aqui, na bilheteria da estação ferroviária. Faça uma boa viagem e volte para me contar. Como dizem os franceses: "À Bientôt, j'espère."

Parceiros